Análise 2D e 3D de Estabilidade de Taludes em Mineração

Avaliar a estabilidade de taludes diminui o risco de acidentes, os quais podem causar danos sociais, ambientais e económicos, seja na indústria da construção civil ou em mineração. A compreensão das diferentes metodologias e análises geotécnicas envolvidas é essencial para os engenheiros e geólogos envolvidos na mitigação destes riscos.

Saiba quais as vantagens e desvantagens de se calcular a estabilidade de taludes com os dois métodos mais consagrados – Método de Equilíbrio Limite e Método de Elementos Finitos. Entenda a diferença entre estes métodos e como a família de software PLAXIS pode otimizar seu fluxo de trabalho.

Para participar do webinar basta se inscrever clicando no botão abaixo. Até lá!

Engenheira Geotécnica, mestre pela PUC-RJ, formada em Engenharia CIvil pela Universidade Ricardo Palma (URP) com experiência em mecânica do solo, mecânica das rochas, modelagem numérica e subterrânea usando programas geotécnicos como Plaxis, FLAC2D, FLAC3D, Slide, GeoSlope. Atualmente trabalha com modelos hidromecânicos constitutivos para geomateriais, geomecânica computacional e métodos numéricos aplicados à mineração.