Participe junto com a WST do 1º Seminário Digital de Hidroinformática da DHI

A Water Services and Technologies foi convidada para participar do Primeiro Seminário Digital de Hidroinformática, cujo tema principal é “Soluções Inovadoras para Modelagem de Ambientes Aquáticos”, do dia 09 a 13 de novembro. O evento ocorrerá no formato online e é organizado pela Hydroinfo e apoiado pela DHI.

A DHI é a desenvolvedora de uma série de soluções de software para todos os tipos de ambientes aquáticos: costeiro, marinho superficial e subterrâneo, para aplicações tanto no meio natural como urbano e em empreendimentos como minerações, industrias, etc. Entre as soluções desenvolvidas pela DHI está o FEFLOW um dos mais poderosos softwares de modelagem de águas subterrâneas da atualidade e no qual a Water Services and Technologies é uma referência no Brasil e mundo para ensino e aplicações.

O evento está organizado em cinco categorias:

Na categoria “Hidrogeologia e Mineração”, a WST apresentará duas palestras no dia 12 de novembro. A primeira será ministrada pelo presidente da Water Services and Technologies, Nilson Guiguer, Ph.D, sobre “Simulação de Drenagem de Mina Subterrânea em Ambientes Cársticos”, e às 14h, do mesmo dia, Danilo Almeida, M.Sc., diretor de projetos, ministrará a palestra “Fechamento de mina com preenchimento de cava com rejeitos: modelagem integrada hidrogeológica e geotécnica”.

Confira abaixo mais informações sobre as palestras ministradas pelos profissionais da Water Services and Technologies: 

Nesta palestra serão apresentados como o FEFLOW têm sido utilizado com sucesso nos últimos 13 anos para prever as vazões e os rebaixamentos esperados para a drenagem da mina de Vazante. Esta mina apresenta um bombeamento de cerca de 14 m3/s e tem como desafios estar localizada num ambiente cárstico, cruzar várias estruturas geológicas e falhas e de ser ladeada por um rio que fornece grande parte da vazão entrando na mina chegando a secar em algumas épocas do ano. Será demonstrado também como o modelo de escoamento em rios MIKE River pode ser acoplado com o FEFLOW para fazer uma modelagem integrada de águas superficiais e subterrâneas.
Após o fechamento de minas com cavas a céu aberto, tipicamente o bombeamento utilizado para rebaixamento do lençol freático cessa e há uma recuperação do nível de água formando um lago. Há a necessidade de se prever a recuperação do nível com tempo devido a três fatores: a recuperação das pressões de poro no talude não deve ser tão rápida a ponto de comprometer a estabilidade do mesmo; entender como a recuperação do nível afeta o fluxo de base de rios e nascentes no entorno e conhecer o nível máximo do lago e pontos de extravasamento. Mais recentemente as cavas inativas têm sido aproveitadas para disposição de rejeitos, minimizando assim a necessidade de barragens de rejeito. Com a compactação deste rejeito conforme a altura do depósito vai crescendo, há uma expulsão de água dos poros compactados e com isso é necessária a utilização de modelos que permitam representar esta compactação para prever corretamente a recuperação do nível de água. Nesta apresentação será apresentada uma solução utilizando-se o FEFLOW junto com um plug-in para representar este fenômeno. Será feita uma comparação considerando-se ou não a compactação no resultado final.

Para mais informações sobre o Primeiro Seminário Digital de Hidroinformático, clique no botão abaixo e acesse o diretamente o site do evento. 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp